Café esfria sabia?
... sentimentos também.


Theme adaptado por revengeofthebroken❥. Base por stupefys


Preciso de alguém que me levante quando eu cair , que segure minha mão , me proteja e que também precise de mim. Quero alguém que enxugue minhas lágrimas com as pontas dos dedos e que me deixe chorar em seu ombro, sem se preocupar se vou molhar sua blusa . Preciso de alguém que saiba oque estou sentindo só de olhar nos meus olhos , que não diga nada, apenas me abrace da melhor forma possível. Alguém que me entenda. - Poetas Suicidas



«»

(via thiaramacedo)


posted 1 week ago with 12,803 notes (originally from thiaramacedo)

(Source: palesttina, via so-risos)


posted 1 week ago with 8,746 notes (originally from palesttina)

(Source: wahinne, via allaxg)


posted 1 week ago with 9,965 notes (originally from wahinne)

"Na verdade é bem simples. O ser sempre transcende a aparência. Assim que você começa a descobrir o ser que há por trás de um rosto muito bonito ou muito feio, de acordo com seus conceitos e preconceitos, as aparências superficiais somem até simplesmente não importarem mais."
A Cabana.  (via romantizar)

(Source: encantosbons, via allaxg)


posted 1 week ago with 9,278 notes (originally from encantosbons)

(Source: supostos, via thiaramacedo)


posted 2 weeks ago with 9,403 notes (originally from supostos)

"Eu quero nós. Mais nós. Grudados. Enrolados. Amarrados. Jogados no tapete da sala. Nós que não atam nem desatam. Eu quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa."
Caio Fernando Abreu. (via com-versos)

(Source: resigno, via allaxg)


posted 3 weeks ago with 19,354 notes (originally from resigno)

"Quero você, aqui, bem perto. Quero teu corpo junto ao meu. Quero o aconchego dos teus braços. Quero deitar com você na cama e ficar de conchinha. Bem grudadinhos; agarradinhos. Quero te encher de beijos. E mordidas. Quero o som da nossa risada misturada. Quero tua voz dizendo que me ama, não importa se baixinho ou gritando aos quatro cantos. Quero até o teu silêncio. Quero dormir no seu abraço, sentindo seu cheiro. Quero te fazer um cafuné, um carinho. Quero teu olhar no meu. Quero teu sorriso refletindo o meu. Quero te contemplar. Te completar. E quero que seja sempre assim: eu por você, você por mim."
Plenitude.   (via com-versos)

(Source: p-l-e-n-i-t-u-d-e, via allaxg)


posted 3 weeks ago with 10,621 notes (originally from p-l-e-n-i-t-u-d-e-deactivated20)

"Ela falava palavrão, porque já havia gastado todas as suas palavras bonitas com quem não merecia."
Chorão.  (via thiaramacedo)

(Source: adverbos, via thiaramacedo)


posted 1 month ago with 6,791 notes (originally from adverbos)

"Para cada homem que só valoriza uma boa bunda, existe uma mulher que só se importa com o carro dele. Para cada homem que é pego traindo, existe uma mulher que também trai sem que ninguém sequer fique sabendo. Para cada homem que só quer azaração, existe uma mulher que trocaria tudo por um homem com o tanquinho bem definido. Para cada homem que usa camiseta regata no frio só pra mostrar os músculos, existe uma mulher que usa mini-saia só pra mostrar as pernas. Para cada homem que mente, existe uma mulher que mente muito melhor do que ele. Para cada homem machista que diz acreditar que mulher nasceu para lavar e passar, existe uma mulher com mente fechada que diz acreditar que nenhum homem nesse mundo presta. E sabe o porque de tudo isso? Porque o mundo está bagunçado, de cabeça para baixo! Até o que é considerado certo, muitas vezes é algo errado. Você acha que está faltando homens de verdade? Eu te digo que isso é fato. Mas também faltam mulheres de verdade. O fato é que nos dias de hoje, estão sobrando pessoas de mentira."
Vi no facebook. (via memoriatos)

(Source: revejo, via allaxg)


posted 1 month ago with 12,352 notes (originally from revejo)

"E qual é a minha definição de amor?
Tenho o nome de uma música do Chico Buarque, bem antiguinha, a que meu pai cantava no karaokê do bar próximo à sua casa. Depois que eu nasci, ele passou a me levar junto e no final da música fazia questão de dedicá-la pra mim. E eu ficava na mesa, morrendo de vergonha e pedindo que ele parasse com aquilo. Mas ele sempre fazia novamente. Ele sempre cantava a música do meu nome e dedicava pra mim. Por anos. E nunca sequer ficou com raiva ou magoado por eu sentir vergonha dele por isso. Isso é amor.
Quando eu era pequena, sempre que minha mãe chegava do trabalho, eu perguntava se ela tinha trazido presente. E ela, todo santo dia, antes de ir pra casa, passava no supermercado e comprava alguma coisa, mesmo que fosse apenas um bombom. Ela nunca voltava pra casa de mãos vazias. Nunca quis me decepcionar. Isso é amor.
Aos oito, vi uma gelatina no chão perto do caixa do supermercado e a peguei. Ao atravessar a rua, mostrei pra minha tia. Que me fez voltar, devolver e me desculpar pelo roubo. Ela sempre me fez ser e querer ser uma pessoa melhor. Isso também é amor.
Um dia falei pro meu namorado que não gostava de flores, porque eram apenas um presente fútil que se dá quando não se quer ter esforço pra agradar uma mulher. Mais uma grande tirada do capitalismo. Ri e completei que só iria gostar se ele mesmo fizesse a flor. Então ele passou o dia inteiro tentando fazer uma flor de origami por vídeos da internet, pra me dar. E foi o melhor presente que eu já recebi.
É isso.
O amor é isso.
É a música do karaokê,
o bombom do supermercado,
a lição sobre a gelatina,
a flor de origami.
O amor é o detalhe."
Iolanda Valentim (via thiaramacedo)

(Source: ivalentim, via thiaramacedo)


posted 1 month ago with 4,595 notes (originally from ivalentim)

(Source: diarioodeumcasal, via thiaramacedo)


posted 1 month ago with 9,848 notes (originally from diarioodeumcasal)

"Meu Deus, não sou muito forte, não tenho muito além de uma certa fé - não sei se em mim, se numa coisa que chamaria de justiça-cósmica ou a-coerência-final-de-todas-as-coisas. Preciso agora da tua mão sobre a minha cabeça. Que eu não perca a capacidade de amar, de ver, de sentir. Que eu continue alerta. Que, se necessário, eu possa ter novamente o impulso do vôo no momento exato. Que eu não me perca, que eu não me fira, que não me firam, que eu não fira ninguém. Livrai-me dos poços e becos de mim, Senhor. Que meus olhos saibam continuar se alargando sempre."
Caio Fernando.  (via thiaramacedo)

(Source: des-centralizar, via thiaramacedo)


posted 1 month ago with 3,344 notes (originally from des-centralizar)

"E eu sempre morria antes do tiro."
Autor Desconhecido.   (via thiaramacedo)

(Source: doxando, via thiaramacedo)


posted 1 month ago with 2,490 notes (originally from doxando)

Ele viu meu lado escuro, e não foi embora, me abraçou e disse que preto é a sua cor favorita. 

(Source: fake-smile-but-feelings-true, via thiaramacedo)


posted 1 month ago with 4,991 notes (originally from fake-smile-but-feelings-true)

"De longe dá pra ver que te quero perto."
Thiara Macedo (sdpm)

(via thiaramacedo)


posted 1 month ago with 10,271 notes (originally from thiaramacedo)